VOCÊ ESTA EM :

Home > Histórico

Histórico



O Núcleo de Estudos em Gestão e Políticas Públicas (Publicus) foi criado em 2009 no Departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (DCP/FAFICH/UFMG). A criação do Publicus reflete o engajamento progressivo do DCP na subárea de políticas públicas tanto em atividades de ensino como de pesquisa e extensão. O ápice desse processo ocorreu com a criação do curso de graduação em Gestão Pública, no âmbito do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), do Ministério de Educação (MEC). O curso tem como objetivo qualificar os estudantes para o desempenho competente da função de gestores públicos. O Publicus reflete a necessidade de integração entre ensino, pesquisa e extensão e congrega professores do DCP, além de bolsistas e graduação e alunos do Programa de pós-graduação em Ciência Política da UFMG (mestrandos e doutorandos), mas é aberto a participantes de outros departamentos e setores da UFMG e de outras universidades. Atualmente está envolvido na constituição de uma rede latino-americana dentro de um projeto de pesquisa comparada entre países da região, com foco na relação entre federalismo e políticas sociais. O objetivo do Publicus é realizar estudos, pesquisas, avaliações e outras atividades diretamente relacionadas ao conteúdo do curso de Gestão Pública e ainda aprofundar e fortalecer a subárea de gestão e políticas públicas, particularmente a linha de pesquisa Estado e Políticas Públicas do programa de pós-graduação em Ciência Política do Departamento e Ciência Política da UFMG, atualmente classificado com nota 7 pela CAPES.

Desde sua criação, os professores/pesquisadores do Publicus têm desenvolvido diversas pesquisas voltadas para as diferentes áreas de políticas públicas, como saúde, assistência social, transferência de renda, financiamento de políticas públicas, federalismo, implementação e avaliação de políticas. Além disso, o Núcleo realiza atividades de extensão junto a órgãos governamentais, traduzindo sua proposta híbrida de ao mesmo tempo produzir conhecimento e levar esse conhecimento para a sociedade e, dessa forma, contribuir para o desenvolvimento social do país e para a capacitação de gestores públicos. Além disso, realiza seminários anuais de âmbito regional, intercalados com Seminários Internacionais, como forma de estabelecer a troca de experiências entre aqueles que estudam diferentes temáticas dentro do campo ou que atuam como gestores públicos nos diversos níveis de governo.